Motivo 1

Respirar é tão essencial, que fazemos no automático. Se tentarmos conseguimos ficar uns 2 a 3 min talvez sem ar (recorde mundial foi de 22 minutos em tanques próprios de mergulho). E para garantir uma boa qualidade da respiração, é preciso que respiremos pelo nariz, fomos projetamos para isso. De fato, foi dito que “Respirar pela boca é tão prático quanto tentar comer pelo nariz”. 

Motivo 2

O nariz é um grande filtro, ele limpa o ar para chegar nos pulmões. Toda a parte de dentro do nariz, por onde o ar passa, tem uns pelos bem minúsculos, que chamamos de ‘cílios’. Esses cílios além de umidificar o ar que respiramos podem proteger o corpo contra cerca de 20 bilhões de partículas de sujeira (incluindo poeira) todos os dias.

Motivo 3

A respiração, ao contrário, acelera a perda de água, contribuindo para desidratação, principalmente durante grandes discursos, aumentando o esforço para continuar falando.

Para isso uma dica importante: lave o nariz com soro fisiológico e beba bastante água.

Motivo 4

A maioria das pessoas respira com apenas 10 a 20% da sua capacidade, por diversos motivos.

A respiração correta nasal aumenta a energia e a vitalidade, por trazer mais oxigênio. Além disso, o nariz também é capaz de aquecer ou esfriar o ar.

Esta capacidade nos ajuda a manter a temperatura corporal, em dias de frio ou de calor.

Motivo 5

Como a passagem do ar pelo nariz é mais estreita do que pela boca, a resistência para a entrada do ar é maior. Com isso, respiramos mais lentamente pelo nariz, dando mais tempo para os pulmões extraírem oxigênio e eliminarem dióxido de carbono. Se este último for perdido muito rapidamente (como ocorre na respiração bucal), a absorção de oxigênio diminui, podendo levar a tonturas e até desmaios. 

Motivo 6

Nós temos nervos reflexos que controlam a respiração em toda a mucosa do nariz, que auxiliam a expandir os pulmões. 

O pulmão inferior (respiração abdominal) tem mais receptores parassimpáticos, associados à calma do corpo. Enquanto os pulmões superiores (relacionado a respiração do peito e da boca), nos levam à hiperventilação e acionam os receptores de nervos simpáticos, que resultam no instinto de luta ou reação de fuga. 

Por isso uma respiração completa e consciente pode te ajudar a manter um estado emocional mais equilibrado. 

Motivo 7

A expiração é a principal maneira de expelir toxinas dos nossos corpos, com isso, a respiração inadequada, pode contribuir para para inúmeros problemas de saúde, desde pressão alta à insônia. 

Em 1931, Otto Warburg, ganhou um Prêmio Nobel ao determinar que apenas as células com diminuição de oxigenação sofrerão alterações e se tornarão cancerígenas. Já é mais do que um bom motivo para respirar melhor né? 

Motivo 8

Quando respiramos pelo nariz, o ar passa pelas “caixas de ar” que temos no rosto, chamadas de seios da face (seios da palavra sinus, do latim, que significa curvatura, cavidade sinuosa por onde passa algo).

Dentro dessas cavidades, é produzido óxido nítrico (um vasodilatador), que quando transportado para o corpo através da respiração, ajuda no combate à bactérias e vírus nocivos ao nosso corpo, estimula o sistema imunológico e regula a pressão sanguínea.

Motivo 9

O nariz abriga bulbos olfativos, que são extensões diretas de uma parte do cérebro chamada de hipotálamo. O hipotálamo é responsável por muitas funções em nosso corpo, principalmente as automáticas, como batimentos cardíacos, pressão arterial, sede, apetite e ciclos do sono. Além disso, o hipotálamo gera substâncias químicas que influenciam a memória e a emoção. 

A respiração correta e consciente ajuda a manter as emoções e funções biológicas mais regulares e equilibradas. 

Motivo 10

Há uma relação muito estreita entre o ritmo respiratório e a sua consciência. 

O ritmo respiratório reflete nossas emoções, nossa condição interior. Quando estamos tranquilos, concentrados e seguros, nossa respiração é mais profunda. Quando estamos ansiosos, a respiração é rápida e curta, e quando apavorados, respiramos em descompasso. 

A partir do momento que ficamos atentos a ela, e administramos seu ritmo, conseguimos modificar nossas emoções, trazendo mais consciência para o nosso corpo e para nossa vida.

Deixe uma resposta

Dra. Ananda Soares

Dra. Ananda Soares é especialista em otorrinolaringologia pela Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial. Também é especializada em Rinologia, Cirurgia Vídeoendoscópica dos Seios da Face e Otorrinopediatria.
Agendar consulta
Agendar consulta
Olá! Quer ter mais informações para agendar sua consulta?